Lang.

Menu
InícioPautasÉ dos carecas que elas gostam mais

É dos carecas que elas gostam mais

O Morro do Careca está para Natal assim como o Cristo Redentor está para o Rio de Janeiro, a Estátua da Liberdade está para Nova Iorque e as Pirâmides estão para o Egito. É o principal cartão postal da cidade do sol. Localizado no extremo sul da aprazível praia de Ponta Negra, o Morro do Careca é uma formação montanhosa de dunas de areia com 107 metros de altura. Até os anos 1990 era possível escalar o morro, mas a visitação passou a ser proibida devido ao desgaste da duna pelo homem. Assim, protege-se a mata de restinga que permeia a duna e ameniza-se o impacto da devastação. É o principal patrimônio natural de Natal.

Reza a lenda contada pelos mais antigos, que o Morro do Careca, antes de ganhar a "calva", era chamado de Morro do Estrondo. Esta história dá conta do barulho escutado pelos moradores da Vila. O som vinha do morro. Segundo contam, o impacto era tão forte

que jogava a vegetação na areia da praia. Ninguém sabe explicar porque os estrondos cessaram.

Do alto do morro tem-se uma das vistas mais belas da praia de Ponta Negra. Ao pé, uma lagoa no mar calmo protegida por arrecifes é um convite aos banhistas e à prática do stand up paddle, esporte em que o praticante rema em pé sobre uma prancha grande. 

Serviço:

Morro do careca

Cartão postal de Natal

Extremo sul da Praia de Ponta Negra

Aproximadamente 120 metros de altura

Subida proibida

Marca Horizontal

Marca Horizontal

 

Marca Horizontal

Marca Horizontal

Marca Horizontal

Marca Horizontal

Go to top