Lang.

Menu
InícioPautasQuando a cultura nasce do povo

Quando a cultura nasce do povo

Uma cidade cuja figura mais importante é um folclorista reconhecido internacionalmente não poderia deixar de investir num Museu que mostrasse aos visitantes as tradições folclóricas populares de seu povo. É nisso que se baseia o Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão.

O nome é uma homenagem ao ex-prefeito, cassado pela ditadura militar, que mais investiu e acreditou na cultura popular. Djalma Maranhão foi, acima de tudo, um incentivador do folclore.

Localizado no primeiro andar da Rodoviária Velha, no bairro da Ribeira, o museu foi criado para preservar a cultura popular do Rio Grande do Norte. Quase duas mil peças de mais de 400 artistas potiguares estão montadas num espaço de 350 metros quadrados.

O visitante ainda pode acessar os "totens eletrônicos", que possibilitam conhecer em textos, fotos e vídeos um pouco da vida e obra dos artistas populares potiguares. Além disso, há três grandes telões instalados em salas especiais que exibem mais de 200 horas de vídeos. O museu também dispõe de espaço para exposições temporárias.

Serviço:

Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão

Rodoviária Velha, Ribeira.

Visitação: 9h às 16h.

Telefone: (84) 3232-8149

Marca Horizontal

Marca Horizontal

 

Marca Horizontal

Marca Horizontal

Marca Horizontal

Marca Horizontal

Go to top