Lang.

Menu
InícioPautasO novo 'Maracanazo'

O novo 'Maracanazo'

 

Fonte: impedimento.org

Passaram-se 64 anos daquele dia trágico que traumatizou os brasileiros e ainda se fala daquele dia como se fosse ontem. Final da copa do mundo no Brasil, 16 de Júlio de 1950, Brasil e Uruguai se enfrentavam, 200 mil torcedores compareceram. ao maracanã, o país se preparava para levantar sua primeira taça... Porém, o improvável aconteceu, o jogo que estava nas mãos dos brasileiros teve uma reviravolta inesperada e no minuto 79' Ghiggia colocava os uruguaios na frente com o placar de 2 a 1. O silêncio no estádio era assustador, difícil de acreditar, o Brasil tinha perdido a tão sonhada copa do mundo em casa.

É impossível não fazer comparações. Em entrevistas com jornais locais o técnico Felipão chegou a declarar, em tom de brincadeira, que caso perdesse a copa já teria preparado um plano de fuga. A pressão aumentou depois do fracasso na copa de 50, muitos consideram que esta copa é sua por direito e não querem nem pensar na possibilidade de uma nova derrota.

A população pretende reviver os momentos da copa das confederações no ano passado, onde os adversários tremiam com o som do hino brasileiro. Sem duvida alguma, pareceu surgir efeito contra a tão temida Espanha que demostrou não ser invencível. O grupo A, em que o Brasil se encontra, não deve apresentar dificuldades para a seleção. Porém, no passe as oitavas, a seleção provavelmente se encontrará contra uma das finalistas da ultima copa do mundo, Espanha ou Holanda. É nas oitavas que costumam dizer “é agora que a copa começou”, e começará com um jogão ou para alguns uma final antecipada.

Algumas coisas mudaram desde a goleada por 3 a 0 sobre a Espanha na final da copa das confederações. Neymar, astro da seleção brasileira, não cumpriu a tão sonhada temporada que esperava ter feito no time do Barcelona. Algumas lesões e talvez a falta de entrosamento o fizeram permanecer no banco durante boa parte do começo da temporada. O Barcelona vem passando por uma crise, e na temporada atual apenas disputa pelo título do campeonato espanhol onde se encontra na segunda colocação a 4 pontos do líder Atlético de Madrid. E para piorar a situação, o craque brasileiro sofreu uma lesão que o deixará de fora ate o final da temporada. Fred, principal nome no ataque da seleção, também teve uma temporada marcada por uma lesão na coxa direita. Esta, provavelmente deve ser a maior preocupação do selecionador brasileiro que depende do atacante para fazer gols na copa. Thiago Silva e Júlio Cesar, entre outros, vem sofrendo baixas de rendimento nos seus times, sendo o primeiro deles acusado pelo seu técnico Laurent Robert Blanc de estar baixando o rendimento já pensando na copa do mundo.

Fonte: portaldoamazonas.com

Espanha, Alemanha e Argentina, favoritas ao título junto com o Brasil, vem com a intenção de lograr um novo trauma para os brasileiros. Hoje, mais do que nunca, organização tática e competência estratégica ganham jogos. Já se foi à época em que a seleção brasileira contava com os maiores craques do mundo, que hoje estão em seleções como a Alemanha e a Espanha. Uma visão bem realista não colocaria a seleção entre as duas melhores do mundo. O que colocará a pressão sobre o único jogador fora-de-serie da seleção, o jogador do Barcelona Neymar.  

O maior torneio de seleções está chegando, e a população brasileira espera poder recorrer à tradição da camisa das cinco estrelas para afastar o fantasma do 'Maracanazo' que vem rondando os brasileiros por 64 anos. Ao som de “eu sou brasileiro com muito orgulho e muito amor”, a torcida acredita que os jogadores vão alcançar o rendimento visto nas confederações em busca do Hexacampeonato.

fonte: globoesporte

Texto por Oscar Cowley

 

Marca Horizontal

Marca Horizontal

 

Marca Horizontal

Marca Horizontal

Marca Horizontal

Marca Horizontal

Go to top