Lang.

Menu
InícioPautas

Comidas típicas regionais

Comidas típicas regionais

  Os sabores das comidas natalense não se restringe apenas em frutos do mar , mas também em muitos produtos da  agricultura local, em meio a uma produção vasta, podemos saborear a tapioca regional servida tanto pura ou até com  diversos recheios muito saborosos e que conquistam vários  turistas. Outro prato regional bastante pedido é o famoso Cuscuz, que também trás uma variedade de  temperos, entre eles o camarão e a carne de Sol.

Leia mais:Comidas típicas regionais

CENTRO DE TECNOLOGIAS DO GÁS E ENERGIAS RENOVÁVEIS

Leia mais:CENTRO DE TECNOLOGIAS DO GÁS E ENERGIAS RENOVÁVEIS

O Baobá de Exupéry

Se Natal tem no Morro do Careca seu principal cartão postal, outros tesouros naturais também merecem destaque pela importância e folclore. É o caso do Baobá, árvore de origem africana, localizado na rua São José, no charmoso bairro de Lagoa Seca. O endereço é a caserna de histórias que entraram para o folclore da cidade. O historiador Luís da Câmara Cascudo defendia que o Baobá foi trazido da África pelos escravos. Há outra versão, no entanto, que destaca o holandês Maurício de Nassau como responsável por trazer a espécie, plantada pela primeira vez em Pernambuco, no Jardim Botânico criado por ele em Recife.

Leia mais:O Baobá de Exupéry

A longa viagem dos Reis Magos

O dia 6 de janeiro é uma data simbólica para a cidade do Natal. Ao mesmo tempo em que representa a passagem bíblica em que os três reis magos Melquior, Baltazar e Gaspar encontraram o menino Jesus, remete ao início da construção da Fortaleza de pedra, em 6 de janeiro de 1598. O Forte fica na praia homônima de Natal, margem com o rio Potengi e começou a ser erguido antes mesmo da fundação da cidade, em 25 de dezembro de 1599.

Leia mais:A longa viagem dos Reis Magos

É dos carecas que elas gostam mais

O Morro do Careca está para Natal assim como o Cristo Redentor está para o Rio de Janeiro, a Estátua da Liberdade está para Nova Iorque e as Pirâmides estão para o Egito. É o principal cartão postal da cidade do sol. Localizado no extremo sul da aprazível praia de Ponta Negra, o Morro do Careca é uma formação montanhosa de dunas de areia com 107 metros de altura. Até os anos 1990 era possível escalar o morro, mas a visitação passou a ser proibida devido ao desgaste da duna pelo homem. Assim, protege-se a mata de restinga que permeia a duna e ameniza-se o impacto da devastação. É o principal patrimônio natural de Natal.

Leia mais:É dos carecas que elas gostam mais

Pagina 1 de 13

Marca Horizontal

Marca Horizontal

 

Marca Horizontal

Marca Horizontal

Marca Horizontal

Marca Horizontal

Go to top